DM Dicas do MÍs

Quando a cabeça não regula o "bolso" é que paga!

"E como paga...!"

Muitos de nós durante a infância e adolescência, vimos e sentimos literalmente que "quando a cabeça não regulava o nosso corpo é que pagava", por meio da disciplina que nos era administrada pelos nosso pais, tios, avós e outros tutores.

Mas a medida que crescemos, nós vamos vendo e sentindo que "quando a cabeça não regula aí é o bolso que paga". Como assim? 

Vejamos, talvez tenha conhecido algum familiar, vizinho, pai de algum colega e não só, cuja condição financeira na altura permitia que ele desse algum conforto à família, muitos o consideravam rico ou o Big Boss. Mas depois, passado algum tempo infelizmente as circunstâncias mudaram, as dificuldades entraram e pouco a pouco "ancorou", isto é, perdeu o poderio financeiro, e as pessoas hoje só dizem: aquele senhor já teve muito dinheiro, naquela altura já fazia isso, e também fazia aquilo. Ou talvez conheça alguém que trabalha ou trabalhou numa boa empresa, com um salário aceitável, e mesmo depois de se passarem muitos anos aquela pessoa não consegue se organizar, e as pessoas se perguntam: mas esse então mete(u) aonde o dinheiro???

E infelizmente muitos desses casos aconteceram e continuam a acontecer pelo facto de a "cabeça não ter regulado bem, e no final foi o bolso que pagou", começando a ficar cada mais vazio, e nalguns casos até ficando mesmo totalmente furado. 

Mas não nos enganemos por pensar que isso só acontece aos outros, e que nós somos imunes a esses contratempos. Todos nós, jovens e adultos, desempregados e com empregos podemos pagar com o bolso se a nossa cabeça não regular bem. Então o que temos de fazer para que a nossa cabeça regule ou funcione bem? É muito importante sabermos tomar as decisões certas nos momentos certos, porque da mesma forma que o nosso hoje é o resultado das decisões tomadas a alguns anos, daqui a 5, 10 ou mais anos estaremos a viver as consequências do que decidirmos hoje. 

Preparamos algumas sugestões que poderão ajuda-lo a não ter de pagar com o bolso no futuro. 

  • O dinheiro não se multiplica a medida que o gastamos, por isso não esbanje.
  • Gastar os seus recursos como se já não houvesse amanhã é o caminho mais rápido para ter os bolsos vazios amanhã.
  • Está desempregado, use o seu dinheiro para aprender alguma profissão que possa lhe dar o sustento, não o gaste com coisas vazias como festas e bebedeiras.
  • Quer tenha ou não dificuldades financeiras, faça uma consulta financeira connosco, vamos ajuda-lo a tomar decisões que vão mudar a sua vida!

 

Lembre-se que a nossa vida é o resultado das nossas escolhas e decisões, e é hoje que temos a oportunidade de pensar bem e tomar decisões que não nos metam em dificuldades amanhã, porque como todos sabemos, o tempo não volta atrás. 

Controle a sua cabeça, só assim o seu bolso estará a salvo! 

 

Reveja abaixo as Dicas dos meses anteriores

KIXIKILA

PRIMEIRO PASSO

SALÁRIO, COMO USA-LO BEM?

NEM TUDO O QUE BRILHA É OURO

QUERIDO AMIGO... QUERIDO INIMIGO...

PORQUE DEVEMOS APRENDER A POUPAR?

COMO CONSEGUIR POUPAR EM CUIDADOS DE SAÚDE - 1

COMO CONSEGUIR POUPAR EM CUIDADOS DE SAÚDE - 2

MAS... AONDE É QUE FOI O DINHEIRO?

MULTICAIXA

1 + 1 =???...???