DM Dicas do MÍs

Mas... aonde é que foi o dinheiro?

"O dinheiro não tem pernas!"

Já alguma vez se fez essa pergunta, aonde é que foi o seu dinheiro? Muitas vezes fazemos essa pergunta a nós mesmos, quando depois de recebermos o salário ou algum outro valor monetário, vamos gastando o dinheiro, e depois de alguns dias quando consultamos o saldo ou tentamos verificar o que sobrou, ficamos gelados, com a boca aberta e com cara de espanto ao nos apercebermos que do dinheiro que tínhamos sobrou pouco ou nada, e pior ainda, o dinheiro acabou sem termos conseguido fazer nada de relevante.

Depois paramos para tentar lembrar quais foram as coisas que compramos, e só nos vem a mente no máximo três ou quatro coisas, que também não custaram nem metade do dinheiro que gastamos, e vemos que não fizemos nada de especial, mas o dinheiro já acabou, ou sobrou apenas um pouquinho. Aí vem as famosas frases, "mas... aonde é que foi o dinheiro? Eh meu Deus, eu não fiz nada, nem sei se gastei com o quê, mas o dinheiro já acabou, e ainda tenho muitas coisas para comprar e para pagar!"

Mas todos nós podemos evitar cair nessa situação embaraçosa, porque sabemos que o "dinheiro não tem pernas", logo, ele não anda e não se gasta sozinho, então para onde é que ele vai? Ele desaparece porque o gastamos de forma errada, gastamos de uma maneira que faz com que ele "ganhe pernas e fuja de nós". Para ajudar a cortar as pernas do seu dinheiro, e não lhe deixar pendurado na hora em que mais precisar dele, preparamos algumas sugestões que vão ajudar a todos nós. 

  • Faça um orçamento.
  • Tire tempo para programar as compras, e leve sempre uma lista consigo. 
  • Faça uma lista das necessidades, e actualize-a sempre que acrescentar ou retirar um item.
  • Evite comprar coisas que não estejam previstas nem no orçamento e nem na lista de necessidades. 

 

Lembre-se que estamos num período em que muitas pessoas, dependendo  da instituição em que trabalham , para além do salário e do 13º mês, recebem outros bónus, mas que todo esse dinheiro "pode ganhar pernas e desaparecer" se não formos disciplinados ao controlar os gastos e nos deixarmos levar pela extravagância da época festiva. E aí para além de nos perguntarmos para onde foi o dinheiro, veremos o Janeiro se transformar literalmente num mês de fome!

O seu dinheiro não tem pernas, por isso controle-o! 

 

Esperamos que essa dica tenha sido bastante útil, e especialmente que de alguma forma o (a) tenha ajudado. Esteja a vontade para compartilha-lha nas redes sociais.

Se tiver alguma dúvida ou sugestão, por favor entre na pagina "Contacto" e preencha o formulário electrónico, e teremos todo o prazer em lhe prestar a ajuda necessária.

 

Reveja abaixo as Dicas dos meses anteriores

KIXIKILA

PRIMEIRO PASSO

SALÁRIO, COMO USA-LO BEM?

NEM TUDO O QUE BRILHA É OURO

QUERIDO AMIGO... QUERIDO INIMIGO...

PORQUE DEVEMOS APRENDER A POUPAR?

COMO CONSEGUIR POUPAR EM CUIDADOS DE SAÚDE - 1

COMO CONSEGUIR POUPAR EM CUIDADOS DE SAÚDE - 2